Aguarde, carregando...

MAIS RESTRIÇÕES Serviços

Taubaté e região voltam para fase vermelha do Plano SP

Nova atualização foi divulgada pelo Governo de São Paulo nesta sexta-feira (22)


Em 22/01/2021 13:40 por redação/ Guia Taubaté


Comércio voltará a ser fechado a partir da próxima segunda-feira (25) (FOTO: Divulgação/ Sincovat)

A Região Metropolitana do Vale do Paraíba e o Litoral Norte voltarão para a fase vermelha do Plano São Paulo a partir da próxima segunda-feira (25). O anúncio foi feito pelo Governo do estado de São Paulo, nesta sexta-feira (22), no Palácio dos Bandeirantes.

Na fase mais restritiva do plano estadual, Taubaté e região poderão permitir apenas serviços essenciais, como padarias, mercados e farmácias poderão operar. Já bares, restaurantes e o comércio em geral não poderão ter serviços presenciais.

Além da região chamada de “Taubaté” no mapa do Governo de SP, regridem para a fase vermelha as regiões de Presidente Prudente, Bauru, Sorocaba, Barretos e Franca. A região de Marília segue na fase mais restritiva do Plano São Paulo.

As regiões de Araraquara, São João da Boa Vista, Campinas, Grande São Paulo e Baixada Santista passam da fase amarela para a fase laranja. Nessa mesma fase permanecerão as regiões de Araçatuba, São José do Rio Preto, Piracicaba, Registro e Ribeirão Preto.

O governo estadual ainda informou que nenhuma região alcançará a fase amarela ou verde até o dia 8 de fevereiro. Todas as cidades de São Paulo deverão cumprir a fase vermelha aos finais de semana, feriados e nos dias de semana no período das 20h às 6h.

Na entrevista coletiva, o secretário-executivo do Centro de Contingência do combate ao coronavírus, João Gabbardo, ressaltou um número alarmante: no estado de São Paulo, uma pessoa morre por Covid a cada seis minutos.

O Vale do Paraíba volta para a fase vermelha em meio ao aumento nos casos, internações e mortes pelo coronavírus. Nesta semana, a região ultrapassou a marca de 100 mil casos confirmados e de 1,9 mil mortes.

Aulas adiadas
O governador João Doria (PSDB) anunciou na entrevista coletiva, que a volta às aulas no estado, prevista para o dia 1º de fevereiro, foi adiada para o dia 8 do mesmo mês. Segundo o tucano, nas fases laranja e vermelha não poderão ser realizadas aulas presenciais na rede estadual.

As escolas particulares que já haviam agendado o retorno poderão manter a decisão, abrindo com 35% da capacidade total de alunos.

Fase vermelha

O que abre?

- Saúde: hospitais, clínicas, farmácias, clínicas odontológicas, lavanderias e estabelecimentos de saúde animal;

- Alimentação: supermercados, hipermercados, açougues e padarias, lojas de suplemento, feiras livres. É vedado o consumo no local;

- Bares, lanchonetes e restaurantes: serviços de entrega (delivery) e que permitem a compra sem sair do carro (drive-thru). Válido também para lojas em postos de combustíveis;

- Abastecimento: cadeia de abastecimento e logística, produção agropecuária e agroindústria, transportadoras, armazéns, postos de combustíveis e lojas de materiais de construção;

- Logística: estabelecimentos e empresas de locação de veículos, oficinas de veículos, transporte público coletivo, táxis, aplicativos de transporte, serviços de entrega e estacionamentos;

- Serviços gerais: lavanderias, serviços de limpeza, hotéis, manutenção e zeladoria, serviços bancários (incluindo lotéricas), serviços de call center, assistência técnica de produtos eletroeletrônicos e bancas de jornais;

- Segurança: serviços de segurança pública e privada;

- Comunicação social: meios de comunicação social, inclusive eletrônica, executada por empresas jornalísticas e de radiodifusão sonora e de sons e imagens;

- Construção civil, agronegócios e indústria: sem restrições;

O que fecha?

- Academias e centros esportivos

- Bares e restaurantes

- Comércio de rua e shoppings

- Salões de beleza, cabeleireiros e similares

Empresas Sugeridas para Você

Ofertas Sugeridas para Você